Partindo da Base

Este blog foi criado no âmbito da aplicação dos conhecimentos teóricos adquiridos durante as aulas de Jornalismo On line, uma cadeira ministrada no segundo semestre do II ano, na Universidade Eduardo Mondlane. Este blog faz alusão a assuntos políticos, económicos, sociais pessoais do único membro do presente blog e entre outros assuntos. Vale dizer, é generalista. Os conteúdos nele contidos são da inteira responsabilidade do seu autor.

A minha foto
Nome:
Localização: Maputo, Polana, Mozambique

Sou um jovem estudante de Jornalismo na Universidade Eduardo Mondlane, em Moçambique. Sou uma pessoa com muita vontade de aprender, de conhecer cada vez mais pessoas novas, lugares novos... Detesto por natureza todas mulheres viciadas, vale dizer, que abusam o sexo, as bebidas alcoólicas e o fumo. Pior ainda, aquelas que até consomem drogas. Adoro tanto assistir "clipes" de música rap.

sábado, agosto 27, 2005

Segurança Aeroportuária em Moçambique

Num momento em que o crime abala o mundo
Aeroportos de Moçambique com mais segurança
MAPUTO – Formados no primeiro semestre deste ano em Maputo, mais 57 agentes de segurança aeroportuária em matérias de controlo de áreas públicas e restritas, inspecção de passageiros, de bagagem de cabine, porão e de carga. Membros da Polícia de Segurança Pública (PSP) portuguesa, especialistas em matéria de segurança aeroportuária ministraram recentemente um curso que teve lugar nas instalações do Aeroporto de Maputo. O mesmo foi dirigido com base nos princípios, padrões e práticas recomendadas pela Organização de Aviação Civil Internacional – ICAO e surge numa altura em que o mundo redobra esforços no concernente a segurança na aviação civil depois dos atentados terroristas de Nova York, de Iraque, da Inglaterra, etc. Falando no acto de encerramento, o presidente do Conselho de Administração das Linhas Aéreas de Moçambique-LAM, José Viegas, disse que o curso ora terminado “constitui uma contribuição valiosa no combate a crimes e atitudes que podem ameaçar a segurança aérea”. Os cursantes receberam treino sobre como controlar os acessos a áreas públicas e restritas, inspecção de passageiros, bagagem de cabine, porão e carga, através do manuseamento de equipamentos electrónicos, raio X e magnetómetro–“detentores de metais”, pórtico e rastreio manual. Participaram no curso, 68 instruendos de todas cidades capitais onde existem aeroportos e aeródromos, com a excepção das cidades de Xai-Xai, Nampula e Pemba.

2 Comments:

Anonymous Joao Timane said...

É assim mano! O corpo de Salvacao pública sempre se apresentou duas ou mais horas depois do incendio ter ocorrido. Me espantas mano quando admiras. Isso é o que tornou-se o normal para quase quase todos. Peace!

quinta-feira, novembro 10, 2005 5:07:00 da tarde  
Anonymous cumbane said...

Quando o Ministério do Interior já criou políticos para esse Corpo? Nanhuma vez é o tal de deixa andar. Já tomou conta de todas as instituicoes do Estado. Forcas mano com os seus Blogs!

quinta-feira, novembro 10, 2005 5:11:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home