Partindo da Base

Este blog foi criado no âmbito da aplicação dos conhecimentos teóricos adquiridos durante as aulas de Jornalismo On line, uma cadeira ministrada no segundo semestre do II ano, na Universidade Eduardo Mondlane. Este blog faz alusão a assuntos políticos, económicos, sociais pessoais do único membro do presente blog e entre outros assuntos. Vale dizer, é generalista. Os conteúdos nele contidos são da inteira responsabilidade do seu autor.

A minha foto
Nome:
Localização: Maputo, Polana, Mozambique

Sou um jovem estudante de Jornalismo na Universidade Eduardo Mondlane, em Moçambique. Sou uma pessoa com muita vontade de aprender, de conhecer cada vez mais pessoas novas, lugares novos... Detesto por natureza todas mulheres viciadas, vale dizer, que abusam o sexo, as bebidas alcoólicas e o fumo. Pior ainda, aquelas que até consomem drogas. Adoro tanto assistir "clipes" de música rap.

quarta-feira, outubro 19, 2005

Greve de estudantes da UEM

Greve na Universidade Eduardo Mondlane*
As actividades pedagógicas e administrativas na Universidade Eduardo Mondlane (UEM) estão paralisadas desde a última terça feira na sequência de um boicote imposto por estudantes, os quais reivindicam dentre outros assuntos, a revisão do regulamento de bolsas em vigor naquela instituição. A situação começou a produzir impactos negativos junto da comunidade administrativa e estudantil daquela universidade, bem como na em duas instituições públicas que partilham o espaço do campus universitário principal, a Televisa e um balcão do BIM. O principal dos motes do boicote é a exigência de cem por cento de aproveitamento pedagógico como condição para a renovação da bolsa. Os estudantes consideram ser quase impossível terminar um ano sem reprovar a pelo menos uma cadeira, devido às fracas condições para o ensino que a universidade oferece. O primeiro dia da paralisação terminou sem que tivesse havido contacto entre a reitoria e os representantes dos estudantes para o diálogo, o que só foi possível na manha da quarta-feira (o segundo dia das manifestações). Há rumores na cidade que indicam que a greve dos estudantes está a ser apoiada por algumas forças políticas da oposição. não há até este momento, qualquer registo de acções de violência envolvendo os manifestantes.
*Da esquerda à direita: Prof. Dr. Brazao Mazula, actual reitor da UEM, e mais para baixo, à direita, o edifício da teitoria.
Informe-se mais sobre diversas matérias ligadas à UEM clicando o site: http://www.uem.mz

1 Comments:

Blogger Partindo da Base said...

Ainda não foram resolvidos até hoje, 13/11/2005, nenhum dos problemas reivindicados pelos estudantes.

segunda-feira, novembro 14, 2005 1:18:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home