Partindo da Base

Este blog foi criado no âmbito da aplicação dos conhecimentos teóricos adquiridos durante as aulas de Jornalismo On line, uma cadeira ministrada no segundo semestre do II ano, na Universidade Eduardo Mondlane. Este blog faz alusão a assuntos políticos, económicos, sociais pessoais do único membro do presente blog e entre outros assuntos. Vale dizer, é generalista. Os conteúdos nele contidos são da inteira responsabilidade do seu autor.

A minha foto
Nome:
Localização: Maputo, Polana, Mozambique

Sou um jovem estudante de Jornalismo na Universidade Eduardo Mondlane, em Moçambique. Sou uma pessoa com muita vontade de aprender, de conhecer cada vez mais pessoas novas, lugares novos... Detesto por natureza todas mulheres viciadas, vale dizer, que abusam o sexo, as bebidas alcoólicas e o fumo. Pior ainda, aquelas que até consomem drogas. Adoro tanto assistir "clipes" de música rap.

segunda-feira, julho 10, 2006

No Centro do Pais

CTA e GTZ financiam sector privado A Confederação das Associações Económicas de Moçambique, CTA, e a Cooperação Técnica Alemã, GTZ – Programa Ambiente Propício para o Sector Privado, APSP, assinaram ontem em Maputo, um memorando de entendimento para o financiamento de pequenas e médias empresas privadas no Centro do País. O apoio técnico e financeiro a ser concedido, enquadra-se no âmbito do acordo de cooperação na área de desenvolvimento entre os Governos do nosso país e da República Federal da Alemanha. O presidente do conselho directivo da CTA, Salimo Abdula, disse que o principal objectivo do programa é a melhoria do ambiente de negócios em geral e o fortalecimento das pequenas e médias empresas em particular, com vista a baixar o custo de vida dos moçambicanos. "Hoje a CTA é um acessor da boa governação. Participa na luta contra a pobreza absoluta oferecendo serviços a pequenas e médias empresas e levando a voz do sector privado para o governo", disse Abdula, acrescentando que "a iniciativa poderá gerar e fazer diferença na economia do País, tendo em conta que é no Centro onde se encontram os recursos portuários mais importantes de Moçambique". Por seu turno, o coordenador do programa APSP, Friedrich Kaufmann, afirmou que constitui uma das grandes apostas do governo alemão, apoiar o sector privado e o governo moçambicano. Segundo Kaufmann, o financiamento ao sector privado no Centro do País, visa fortalecer as associações e captar mais membros para a CTA. No concernente aos valores monetários a serem injectados em prol do desenvolvimento do sector privado naquela região do País, o vice-presidente do CTA e coordenador da antena regional Centro, Zaíde Aly, referiu que é prematuro avançar o valor que vai ser investido. "O projecto é de dois anos. Porém, é difícil estimar qual será o montante que vai ser investido. Primeiro vai-se fazer um estudo com vista a se encontrar as necessidades das populações abrangidas, em seguida, vai-se elaborar projectos e, posteriormente, serão financiados", disse Aly.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home